Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/11404
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBatista, Vandick da Silva-
dc.contributor.authorSantos Filho, Leocy Cutrim dos-
dc.date.accessioned2020-02-13T18:22:36Z-
dc.date.available2020-02-13T18:22:36Z-
dc.date.issued2005-
dc.identifier.urihttps://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/11404-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPApt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectBrycon amazonicuspt_BR
dc.subjectMatrinxã -- Populaçõespt_BR
dc.subjectPesca -- Amazonaspt_BR
dc.titleAvaliação da explotação pesqueira e dinâmica populacional de matrinxã Brycon amazonicus (Günther, 1869) (Pisces: Characiformes) explotado pela frota pesqueira que desembarca em Manaus-Amazonas Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.author-latteshttp://lattes.cnpq.br/5207050289177739pt_BR
dc.publisher.programBiologia de Água Doce e Pesca Interior - BADPIpt_BR
dc.description.resumoO monitoramento da atividade pesqueira é uma atividade fundamental para se conhecer o estado das populações naturais de peixes, fornecendo informações não apenas sobre sua biologia e parâmetros populacionais, mas, também, e principalmente, sobre os efeitos da explotação pesqueira na densidade dos estoques. A estimativa correta dos parâmetros de crescimento, associada às taxas de mortalidade natural e por pesca, são ferramentas fundamentais utilizadas na construção de modelos quantitativos que podem reconstruir a história do estoque e da atividade pesqueira, permitindo predizer o efeito de mudanças no estoque ou no rendimento pesqueiro em função das medidas propostas para o manejo. Brycon amazonicus, nome vulgar matrinxã, é um dos recursos pesqueiros mais importantes do estado do Amazonas, ocupando a quarta colocação entre as principais espécies desembarcadas em Manaus entre os anos de 1994 e 2002. O presente trabalho visa contribuir para o conhecimento da explotação pesqueira e dinâmica populacional desta espécie. Os dados de desembarques de peixes provenientes da pesca artesanal, foram obtidos no principal porto de desembarque de Manaus entre anos de 1994 e 2002. Sendo que os principais rios que contribuem para a produção da matrinxã, desembarcada em Manaus foram: Purus, Juruá, Madeira e Solimões. O período de safra compreende os meses de abril a junho. Os dados obtidos revelam que o desembarque total de matrinxã (Brycon amazonicus) proveniente da pesca entre os anos de 1994 a 2002 correspondeu a 17.796,71 toneladas. A média anual de desembarque durante esses 9 anos foi de 1.977,41 t, com coeficiente de variação de 80%, 1998 foi o ano de menor desembarque e 1996 o ano de maior. Os parâmetros populacionais foram estimados fazendo uma junção de dados de 3 anos seguidos dos rios Purus, Solimões (médio e baixo) e Madeira. A produção de matrinxã proveniente da pesca comercial, indica diminuição entre 1994 e 2002 e o principal apetrecho utilizado na pesca foi a rede de lance ou redinha. Os valores dos parâmetros de crescimento e taxas de mortalidade sugerem que existem unidades populacionais diferentes entre os rios Purus, Madeira e Solimões. A espécie não se encontra sobre-explotada, sendo qu eo Madeira apresentou maior taxa de explotação. A estratégia de manejo sugerida foi as restrição aos principais pesqueiros no período de safra da espécie, requerendo, contudo mais estudos relacionados a migração e dinâmica a da espécie.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado - BADPI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
leocy.pdf7,86 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons