Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/12899
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVieira, Gil-
dc.contributor.authorLópez Gómez, Javier Enrique-
dc.date.accessioned2020-02-19T18:35:36Z-
dc.date.available2020-02-19T18:35:36Z-
dc.date.issued2015-04-10-
dc.identifier.urihttps://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/12899-
dc.description.abstractThe areas of the Protected Areas National System (SINAP) are of great strategic importance for the supply of ecosystem services, for the supply of water directly and indirectly to the Colombian population, in a superior percentage than 52%. Thus, in the average high - Chorroso Fragua river basin, located in a buffer zone of Natural Indi Wasi National Park, it`s being projected the construction of a regional pipeline to supply the municipalities of San Jose del Fragua, Albania and Curillo; however, there are agricultural activities that threaten the conservation of water resources, and still doesn`t exist the tools that allow the approach of impact`s alternative mitigation. Given these considerations, this research tries to make an analysis to assess if the introduction of economic incentives is a tool that allows to mitigate the impacts produced to these ecosystems. With that objective, it was made a preliminary analysis of the economic viability in incorporating a compensation scheme for ecosystem services, that enable the change or improvement of agricultural and livestock activities that negatively affect the middle and upper basin of the Fragua Chorroso river. It was developed a benefit/cost analysis for production activities, for which surveys were conducted at 35 livestock producers and 24 cane producers. It was found that both activities are unsustainable from a financial and environmental point of view, and that the opportunity cost for livestock is much higher than for sugarcane cultivation. Likewise, it is evident that the change in land use is low, situation that can be seen as an opportunity to implement a compensation scheme for Ecosystem Services (CSE), which must take these values as a reference.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPApt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectRecursos hídricospt_BR
dc.subjectIncentivos econômicospt_BR
dc.subjectConservaçãopt_BR
dc.titleAnálise preliminar para viabilidade de incorporação de incentivos econômicos para a conservação e uso de recursos hídricos na Bacia Média - Alta do Rio Fragua Chorroso, Amazônia Colombianapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.author-latteshttp://lattes.cnpq.br/8896931657018313pt_BR
dc.publisher.programGestão de Áreas Protegidas da Amazônia - GAPpt_BR
dc.description.resumoAs áreas do Sistema Nacional de Áreas Protegidas (SINAP) são de grande importância estratégica para o fornecimento dos serviços dos ecossistemas, ao abastecer água de forma direta e indireta para a população colombiana numa porcentagem superior ao 52%. Assim, na bacia média do rio de alta Chorroso Fragua localizada em uma zona de amortecimento do Parque Nacional Natural Indi Wasi, está projetada a construção de um aqueduto regional para fornecer os municípios de San José del Fragua, Albânia e Curillo; não obstante, existem atividades agrícolas que ameaçam a conservação dos recursos hídricos, e ainda não têm-se ferramentas que permitam a abordagem de alternativas de mitigação dos impactos. Dadas estas considerações, a presente pesquisa tenta fazer uma análise para avaliar se a introdução de incentivos econômicos é uma ferramenta para mitigar os impactos a esses ecossistemas. Com esse intuito, foi realizada uma análise preliminar da viabilidade econômica da incorporação de um sistema de compensação por serviços ambientais, que permitam a alteração ou melhoria das atividades agrícolas e pecuárias que impactam negativamente a bacia média e alta do Rio Fragua Chorroso. Foi feita uma análise de custo/benefício para as atividades de produção, na qual foram realizados questionários em 35 produtores de gado e 24 produtores de cana. Verificou-se que ambas as atividades são insustentáveis do ponto de vista financeiro e ambiental, e que o custo de oportunidade para a atividade do gado é muito maior do que para o cultivo da cana. Da mesma forma, é evidente que a mudança no uso da terra é baixa, o que é visto como uma oportunidade para implementar um sistema de compensação por serviços ambientais (CSE) , que deve adotar estes valores como referência.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado - GAP

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_inpa.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons