Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/37492
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorRibas, Camila Cherem-
dc.contributor.authorFerreira, Mateus-
dc.date.accessioned2021-04-16T13:47:14Z-
dc.date.available2021-04-16T13:47:14Z-
dc.date.issued2018-03-16-
dc.identifier.urihttps://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/37492-
dc.description.abstractThe Neotropical region has one of the highest biodiversity index in the planet and several hypotheses have been proposed to explain the origin of such diversity. Currently, landscape and climatic evolution are credited to be the two main processes responsible for shaping the patterns. Landscape evolution includes, for example, the Andean uplift and consequent continental drainage reconfiguration, and the closure of the Isthmus of Panama, which allowed the Great American Biotic Interchange. In the present study we selected three Neotropical families of birds. Trogonidae has a Pantropical distribution, members of this family inhabit tropical and subtropical regions of Africa, Asia, however, the highest diversity is currently found in the Americas. Galbulidae and Bucconidae are sister families and endemics to the Neotropics. WE sampled all species and almost all subspecies currently recognized for this three families, and for widespread species we thoroughly sampled throughout their distributions to uncover hidden phylogeographic patterns. Based on these results, we selected the samples to sequence thousands of Ultraconserved Elements (UCE). Thus, we compiled three studies for this thesis. In the first chapter, we studied one Galbulidae species complex associated with the Amazonian White-sand environments. We compared between molecular markers that have different heritage systems, the mtDNA and nuDNA (UCE), where we recovered contrasting histories between markers, and based on these results we proposed a diversification model for the White-sand environments. In the second chapter, we analyzed the global diversification of Trogonidae, employing thousands of UCE loci to propose a phylogenetic hypothesis between all species currently recognized, and we also estimated a fossil calibrated time tree for Trogonidae diversification. At last, in the third chapter, we analyzed the diversification patterns for Galbulidae and Bucconidae using a phylogeographic/phylogenetic approach. In this chapter it was clear how these groups diversity in underestimated by currently taxonomic approach.en
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPApt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectBiogeografiapt_BR
dc.subjectGenômicapt_BR
dc.subjectAves neotropicaispt_BR
dc.titleFilogenia e biogeografia de três famílias de aves do Neotrópicopor
dc.typeTesept_BR
dc.identifier.author-latteshttp://lattes.cnpq.br/1609576167000044pt_BR
dc.publisher.programGenética, Conservação e Biologia Evolutiva - GCBEvpt_BR
dc.description.resumoO Neotrópico é uma das regiões com os maiores índices de biodiversidade do planeta e muito tem se questionado sobre a origem de tamanha diversidade. Acredita-se que os padrões de diversidade atual dentro da região sejam um resultado da complexa história geomorfológica e climática da região. Entre os eventos geomorfológicos mais discutidos estão o soerguimento dos Andes e consequente reestruturação da drenagem continental, e o fechamento do Istmo do Panamá, que permitiu a troca intercontinental de biotas. Neste trabalho foram selecionadas três famílias de aves do Neotrópico. A família Trogonidae tem uma distribuição Pantropical, ocorrendo também nas regiões subtropicais e tropicais da África e Ásia, no entanto, a maior diversidade encontra-se justamente na região Neotropical. As famílias Bucconidae e Galbulidae são duas famílias irmãs endêmicas do Neotrópico. Foram selecionadas amostras de todas as espécies e quase todas as subespécies descritas para os três grupos. Para as espécies amplamente distribuídas foram selecionadas amostras ao longo de toda a distribuição e uma análise prévia para verificar a estrutura filogeográfica de cada grupo, com base nesses resultados, foram selecionadas amostras para o sequenciamento de milhares de loci de regiões Ultra Conservadas (Ultraconserved Elements, UCE). Dessa forma, compilamos três estudos nessa tese. No primeiro capítulo, foi estudado um complexo de aves da família Galbulidae associada aos ambientes de areia branca na região Amazônica. Através da comparação entre marcadores moleculares com diferentes métodos de herança, DNA mitocondrial e nuclear (UCE), pudemos observar um conflito entre esses dois marcadores. Através deste conflito foi possível propor um modelo de diversificação para os ambientes de areia branca na região. No segundo capítulo analisamos a diversificação global da família Trogonidae, com o auxílio dos UCEs reconstruímos a relação filogenética entre todas as espécies da família e estimamos uma árvore datada da diversificação de Trogonidae. No terceiro e último capítulo, analisamos os padrões de diversificação das famílias Galbulidae e Bucconidae através de uma abordagem filogeográfica e filogenética. Neste trabalho pudemos observar que a diversidade do grupo se encontra claramente subestimada.pt_BR
Appears in Collections:Doutorado - GCBEv

Files in This Item:
File SizeFormat 
tese_inpa.pdf8 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons