Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/39707
Title: Distribution of fish species in a lake of the Amazon river floodplain near Manaus (Lago Camaleão), with special reference to extreme oxygen conditions
Authors: Junk, Wolfgang J.
Soares, Gercilia M.
Carvalho, Francisco M.
Keywords: Lago Camaleão
Issue Date: 1983
metadata.dc.publisher.journal: Amazoniana
metadata.dc.relation.ispartof: Volume 7, fascículo 4, 1983, página 397-431
Abstract: Over a period of 20 months the fish fauna distribution at Lago Carnaleão, a floodplain lake of the Amazon near Manaus was studied. SpeciaI attention was given to the oxygen conditions. The iake was strongly defiáent in oxygen for long periods, the surface oxygen concentrations during the day often being only about 0,s g 02/1. Appoximately 25.000 specimens were captured; 132 species belonging to 94 genera, 31 families and 10 orders were identified. About 40 species were able to live under extremely low oxygen concentrations. 12 of these were air breathers. Another 8 are known to possess other morphologi6ak, anatomia1 and/or physiological adaptations to oxygen deficiency. It is presumed that the other species occurring in the area may have adaptations too. Suwival strategies in respect to oxygen deficiency are discussed.
metadata.dc.description.resumo: Durante um período de 20 meses, foi estudada a distribuição da ictiofauna no Lago Camaleão, lago de Várzea do Rio Amazonas, próximo a Manaus. Especial atenção foi dada às concentrações de oxigênio, visto que o lago apresentou-se deficiente em oxigênio por longos períodos, atingindo com frequência apenas durante o dia o valor de 0,s ing 02/1, na superfície. Das amostragens feitas durante este período, resultou em cerca de 25.000 espécies de peixes pertencentes a 10 ordens, 31 famílias, 94 gêneros e 132 espécies. Aproximadamente 40 espécies foram capazes de viver em edições fortemente deficientes em oxigênio, sendo que 12 apresentaram respiração aérea e 8 espécies outras adaptações morfológicas, anatômicas e/ou fisiológicas já descritas. Com relação às espécies restantes, sugere se que também possuem adaptações para viver em baixas concentrações de oxigênio.
Appears in Collections:Fascículo 4, Ano 1983

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
p_394_431.pdf2,12 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons