Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/40193
Title: Razões iônicas como marcadores de interações entre água superficial e aquífero no igarapé do quarenta, em Manaus-AM
Other Titles: Ionic ratios as markers of interactions between surface water and aquifer in the quarenta stream, in Manaus-AM
Authors: Lages, Anderson da Silva
MatiasI, Angélica Chrystina Cruz
Miranda, Sebastião Átila Fonseca
FerreiraI, Paulo Renan Gomes
FerreiraI, Sávio José Filgueiras
SilvaI, Márcio Luiz da
Keywords: Assinatura geoquímica
Igarapé do Quarenta
IETÉ
Issue Date: 2023
metadata.dc.publisher.journal: Ciência e Natura
metadata.dc.relation.ispartof: v. 45, e37, 2023
Abstract: The city of Manaus has numerous bodies of water called igarapés (canoe path – from Tupi) and this is due to the proximity of the water table to the surface, the climatological conditions and the geomorphology of the region. It is known that the city of Manaus underwent an intense and vertiginous process of urbanization, associated with a great polluting pressure on water resources, not only surface water bodies, but also the aquifer. Ionic ratios are ways of establishing similarities in geological environments
metadata.dc.description.resumo: A cidade de Manaus apresenta inúmeros corpos de água chamados igarapés (caminho de canoa – do tupi), e isso se deve à proximidade do lençol freático à superfície, às condições climatológicas e à geomorfologia da região. Sabe-se que a cidade de Manaus passou por um intenso e vertiginoso processo de urbanização, associado a uma grande pressão poluidora sobre os recursos hídricos, não só os corpos de água superficiais, mas também o aquífero. As razões iônicas são formas de se estabelecer similaridades em ambientes geológicos e mostram como podem existir ambientes distintos com geoquímica semelhantes. Contudo, aspectos químicos similares nem sempre caracterizam condições de naturalidade e podem representar influência antropogênica. Diante disso, esse estudo teve por objetivo avaliar as razões iônicas de Mg/Na - Ca/Na, HCO3/Na - Ca/Na e Na/Cl x condutividade elétrica, a partir de um monitoramento destas variáveis, que se estendeu de junho de 2021 a maio de 2022, na Bacia Hidrográfica do Educandos, em Manaus, associando o estudo entre águas superficiais e águas subterrâneas. Os resultados sugeriram que há semelhança entre o aquífero e o igarapé em 2/3 das amostras de água subterrânea, o que pode ser um forte indício de uma interação entre aquífero e água superficial, possivelmente, em uma infiltração no sentindo igarapé – aquífero.
metadata.dc.identifier.doi: https://doi.org/10.5902/2179460X74607
Appears in Collections:Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
E+74607.pdf701,28 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons