Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/4946
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHiguchi, Niro-
dc.contributor.authorRocha, Janaína de Almeida-
dc.date.accessioned2020-01-08T18:56:31Z-
dc.date.available2020-01-08T18:56:31Z-
dc.date.issued2010-04-
dc.identifier.urihttps://repositorio.inpa.gov.br/handle/1/4946-
dc.description.abstractProtected areas are the central piliar of the strategies for conservation of biodiversity on the planet. However, millions of people woridwide depend directiy on forest resources for subsistence, especially dwellers on legaiiy protected areas. The use of natural resources In generating income for communities is common in tropical countries. In the Amazon, wood product is widely used for subsistence and income generation. However, timber harvesting in the region is predatory because it concentrates wealth and causes deforestation. In addition, less than half the roundwood taken from the forest is transformed into forest products, which generates large amounts of waste. The human communities of protected areas in Brazil could play an important role in protecting their territories. In order to contribute for the development of the culture of forest management in protected areas, the purpose of this study is to verify the feasibility of using falien tree as raw material for making small wooden products. The foilowing studies were carried out: falien tree volume estimates, economical feasibility based on benefit-cost analysis of small wooden products, and chemical analyses for 20 different wood species that could be used for small wooden products. The average volume of falien timber in the four sites studied ranged between 6.71 ± 3.12 and 9.19 ± 2.41 m^ha"'' (Cl 95%), which is feasible for management in a community context or even a furniture industry. The plan is the introduction of marquetry techniques for small wooden products, perhaps for furniture as well. Ali tree species chemically analyzed have shown leveis of extractives are near those expressed in the literature for the same species. About the occurrence of potentially toxic compounds, there was absence of cyanogenic heterosides in ali samples analyzed. Some species have potentially toxic compounds that should be better studied for the appiication of these species in kitchen utensils or toys. This study it was found out that the management of falien trees is feasible, and could be an important flow-in income for dwellers at conservation unit in the Brazilian Amazon. The information generated by this work will aggregate technology and possibilities for the full use of the stem, improving the management of tropical timber without cutting trees.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPApt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectMadeira caídapt_BR
dc.subjectManejo florestalpt_BR
dc.titleMadeira caída como oportunidade para o manejo florestal comunitário em unidades de conservação no Amazonaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.co-advisorNascimento, Claudete Catanhede do-
dc.identifier.author-latteshttp://lattes.cnpq.br/6453883551141824pt_BR
dc.publisher.programCiências de Florestas Tropicais - CFTpt_BR
dc.description.resumoAs áreas protegidas são o pilar central das estratégias de conservação da biodiversidade no planeta. No entanto, milhões de pessoas no mundo dependem diretamente dos recursos florestais para sua subsistência, especialmente os moradores de áreas legalmente protegidas. A utilização dos recursos naturais na geração de renda para as comunidades é comum em países tropicais. Na Amazônia, produtos de madeira são muito utilizados na subsistência e geração de renda. No entanto a exploração de madeira na região é predatória, pois concentra renda e causa desmatamento. Além disso, menos da metade da madeira retirada da floresta é transformada em produtos florestais, gerando muitos resíduos. As comunidades humanas de áreas protegidas no Brasil podem desempenhar um papel importante na proteção de seus territórios. A fim de contribuir para o desenvolvimento da cultura do manejo florestal comunitário em áreas protegidas, o objetivo deste estudo é verificar a viabilidade da utilização de madeira caída como matéria-prima para confeccionar pequenos objetos de madeira. Os estudos focaram as estimativas de volume de madeira caída, verificação de viabilidade econômica com base na avaliação do índice benefício-custo e análises químicas de 20 espécies diferentes de madeira, que poderiam ser utilizadas para confecção de pequenos objetos. A média do volume de madeira caída nos quatro sítios estudados variou entre 6,71±3,12 e 9,19±2,41 m^ha"'' (IC 95%),o que é viável para manejo, em um contexto comunitário ou mesmo para uma indústria de móveis. O plano é a introdução de técnicas de marchetaria para pequenos produtos de madeira e movelaria. Todas as espécies de madeira submetidas à análise química mostraram que os níveis de extrativos corroboram com os dados expressos na literatura para as mesmas espécies. Sobre a ocorrência de compostos potencialmente tóxicos, houve ausência de heterosídeos cianogênicos em todas as amostras analisadas. Algumas espécies analisadas apresentaram ocorrência de compostos potencialmente tóxicos que devem ser estudados para verificar a possibilidade da aplicação dessas espécies em utensílios de cozinha ou brinquedos. Com este estudo, verificou-se que o manejo de árvores caídas é viável, e pode ser uma importante fonte de renda para os moradores de unidades de conservação na Amazônia brasileira. As informações geradas agregam tecnologia e otimização da utilização do tronco da árvore, a melhoria da gestão das florestas tropicais sem corte de árvores.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado - CFT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
janaina_almeida_rocha.pdf13,06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons