Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/2049
Título: Distributional congruence among aquatic plants, invertebrates and fishes within the Río Paraguay Basin, Paraguay.
Autor(es): Barry Chernoff
P W Willink
Antonio MachadoAllison
M F Mereles
Francisco A R Barbosa
Marcos Callisto F Pereira
Celio Ubirajara Magalhaes Filho
Assunto: Conservação
Ecologia
Organismos aquáticos
ISSN: 0378-1844
Revista: Interciencia (Caracas)
Volume: 29
Resumo: Hipóteses nulas concernentes a distribuições de espécies ao azar com respeito a sub-regiões e macro-hábitats dentro do Rio Paraguai são examinadas com dados provenientes de 131 espécies de macro-crustáceos e invertebrados bénticos e 186 espécies de plantas aquáticas. Os padrões são comparados com o resultado de distribuições de peixes apresentados por Chernoff et al. (2004). Os dados provenientes de invertebrados mostraram um padrão idêntico entre sub-regiões, como é evidente nas distribuições de peixes. Os resultados apoiam o reconhecimento de duas zonas: i) a zona do Rio Paraguai incluindo as regiões superiores e inferiores e o Rio Negro, e ii) a zona do Rio Apa incluindo o Rio Apa e o Riacho La Paz. Para todos os grupos de dados, a zona do Rio Paraguai possui uma maior riqueza de espécies que a zona do Rio Apa. A fronteira entre as duas zonas é abrupta, o qual é também apoiado pelos dados provenientes das plantas. Somente 11 de 186 espécies de plantas foram encontradas em ambas zonas. Não existem padrões de congruência entre macrohábitats. Dados de plantas e invertebrados contêm muitos valores que não são diferentes das medias de similaridades ao azar. Os dados provenientes das plantas demonstra uma relação entre hábitats de beira e areia, os quais estão mais submetidos a grandes correntes que os outros hábitats. As plantas encontradas em hábitats de águas negras possuem pouca similaridade com outros macro-hábitats. Baseado nestas observações, se conclui que hábitats significantes dentro de cada zona devem ser preservados para manter uma grande porção da biodiversidade.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/2049
ISSN: 0378-1844
Local de publicação: Venezuela
Aparece nas coleções:Coordenação de Biodiversidade (CBIO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
distributional.pdf141,6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons