Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/3709
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorSantiago Linorio Ferreyra Ramos
dc.contributor.authorMaria Teresa Gomes Lopes
dc.contributor.authorRicardo Lopes
dc.contributor.authorRaimundo Nonato Vieira da Cunha
dc.contributor.authorJeferson Luis Vasconcelos de Macêdo
dc.contributor.authorLuis Antônio Serrão Contim
dc.contributor.authorCharles Roland Clement
dc.contributor.authorDoriane Picanço Rodrigues
dc.contributor.authorLaura Graciliana Bernardes
dc.date.accessioned2016-03-08T15:50:12Z-
dc.date.available2016-03-08T15:50:12Z-
dc.date.issued2011
dc.identifier.issn1518-7853
dc.identifier.urihttp://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/3709-
dc.description.abstractA palmeira Astrocaryum aculeatum produz frutos comestíveis, utilizados na alimentação por populações indígenas, tradicionais e urbanas. Esta espécie é incipientemente domesticada e pouco estudada apesar de sua importância econômica para pequenos produtores e extrativistas. Estudos do sistema reprodutivo são necessários para conservação e uso dos recursos genéticos da espécie. O objetivo foi estimar parâmetros do sistema reprodutivo do tucumã-do-Amazonas usando marcadores microssatélites. Plantas de 11 progênies de uma população espontânea foram genotipadas com oito locos de microssatélites e os parâmetros do sistema de cruzamento estimados. A estimativa da taxa de cruzamento populacional foi de 0,978, enquanto ao nível de família variou de 0,774 a 1,283. Os valores da correlação de paternidade, 0,176 e 0,205, indicam baixa probabilidade da ocorrência de irmãos completos dentro das progênies. O tucumã-do-Amazonas é predominantemente alógama e as progênies de polinização aberta são constituídas predominantemente por meio-irmãos.
dc.languageInglês
dc.rightsRestrito
dc.subjectAstrocaryum aculeatum
dc.subjectSistema de cruzamento
dc.subjectMarcadores moleculares
dc.titleDetermination of the mating system of Tucumã palm using microsatellite markers
dc.typeArtigo
dc.description.volume11
dc.publisher.periodicoCrop Breeding and Applied Biotechnology
dc.identifier.doihttps://dx.doi.org/10.1590/S1984-70332011000200011
Aparece nas coleções:Coordenação de Tecnologia e Inovação (COTI)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons