Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/3735
Título: Parasitos nas brânquias de Brycon amazonicus (Characidae, Bryconinae) cultivados em canais de igarapé do Tarumã-Mirim, Estado do Amazonas, Brasil
Autor(es): Jeferson Raphael Gonzaga de Lemos
Marcos Tavares Dias
Rejane Souza de Aquino Sales
Gabriel da Rocha Nobre Filho
Jorge Daniel Indrusiak Fim
Assunto: Amazônia
Brânquias
Doenças
ISSN: 1679-9283
Revista: Acta Scientiarum. Biological Sciences
Volume: 29
Resumo: O presente estudo teve como objetivo determinar a prevalência e a intensidade de parasitos nas brânquias, bem como o fator de condição em matrinxã Brycon amazonicus Spix e Agassiz (1829) cultivados em três canais de igarapé da região do Tarumã-Mirim, Manaus, Estado do Amazonas. As condições sanitárias dos canais de igarapé, o manejo dos peixes e os parâmetros físico-químicos da água foram monitorados. De 150 peixes examinados, 25,0% estavam parasitados pelo protozoário Ichthyophthirius multifiliis (18,0%) e por sanguessungas Placobdella sp. (7,0%). A prevalência de I. multifiliis, nos três canais de igarapé, foi de 22,0%, 18,0% e 14,0%, respectivamente, e a intensidade média foi maior em um dos canais que mantinha peixes em grande densidade populacional. As sanguessugas Placobdella sp. ocorreram somente em um dos canais de igarapé. Não houve variação sazonal na infecção de I. multifiliis, mas Placobdella sp. ocorreu somente em janeiro e março. O fator de condição dos peixes parasitados foi significativamente (p < 0,001) menor que nos peixes não-parasitados, porém este não mostrou correlação com a intensidade parasitária.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/3735
ISSN: 1679-9283
DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascibiolsci.v29i2.593
Aparece nas coleções:Coordenação de Tecnologia e Inovação (COTI)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons