Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4353
Título: Caracterização fisico-quimica do suco de açai de Euterpe precatória Mart. orieundo de diferentes ecossistemas amazonicos
Autor(es): Lucia kiyoko Osaki Yuyama
J. P. L. AGUIAR
Danilo Fernandes Silva Filho
Kaoru Yuyama
Maria de Jesus C Varejão
D. I. T. FÁVARO
M. B. A. VASCONCELLOS
Sabria A Pimentel
Miriam Solange Fernandes Caruso
Assunto: Euterpe precatoria
Composição centesimal
Minerais
ISSN: 0044-5967
Revista: Acta Amazonica
Volume: 41
Resumo: Os frutos do açaizeiro (Euterpe precatoria Mart.) procedentes de diferentes ecossistemas amazônicos foram processados para a obtenção de suco. O produto foi avaliado quanto à composição centesimal (umidade, cinzas, lipídeos, proteína, glicídios e fibra alimentar), minerais, ácidos graxos e antocianinas. Os frutos foram comparados quanto ao peso, constatando-se uma variação significativa de 1,1 a 2,0 g entre eles. Com relação ao suco, verificou-se baixa concentração de proteína e alto teor de energia devido, principalmente, à presença de lipídeos cuja concentração variou de 4,24 a 9,74%. Dentre os minerais, o potássio foi o mais abundante com teores na faixa de 73,78 a 376,69 mg 100 g-1 (do suco), seguido do cálcio (15,99 a 57,85 mg 100g-1). O ferro foi encontrado em concentrações minoritárias, na ordem de 0,43 a 1,2 mg 100g-1. Com relação aos ingredientes funcionais, o suco de açaí apresentou concentrações importantes de fibra alimentar (2,37 a 7,8%), e antocianinas, variando de 128,4 mg 100 g-1 , nos frutos de coloração verde, procedentes de Parintins, até 868,9 mg 100 g-1 nas amostras de Manaquiri (base seca). Na fração lipídica, destacou-se ainda a presença do ácido graxo oleico (18:1), com porcentagem média de 68,2% no total de ácidos graxos, seguido do ácido palmítico (16:0) com 17,5%. Tais resultados reforçam o potencial do açaí como fonte de energia, lipídeos, fibra alimentar, antocianinas, ácido graxo monoinsaturado e minerais. O presente estudo irá contribuir para a ampliação da tabela de composição química de alimentos e, consequentemente, auxiliar nos programas de melhoramento genético, mercado e inclusão social.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4353
ISSN: 0044-5967
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0044-59672011000400011
Aparece nas coleções:Coordenação de Tecnologia e Inovação (COTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
caracterizacao.pdf1,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons