Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4485
Título: LD5o of the bacteria Aeromonas hydrophila to matrinxã, Brycon amazonicus
Autor(es): Sarah Ragonha de Oliveira
Rondon Tatsuta Yamane Baptista de Souza
BRASIL, ELENICE MARTINS
Jaqueline Inês Alves de Andrade
Érica da Silva Santiago Nunes
Eduardo Akifumi Ono
Elizabeth Gusmão Affonso
Assunto: matrinxã
Aeromonas hydrophila
Tolerância
ISSN: 0044-5967
Revista: Acta Amazonica
Volume: 41
Resumo: Para determinar a dose letal (DL50 96-h) da bactéria Aeromonas hydrophila para o matrinxã, Brycon amazonicus, com aplicabilidade para testes de desafio, foram utilizados 90 peixes (63,23 ± 6,39 g), divididos em cinco tratamentos, com diferentes soluções bacterianas: T1 - Controle (solução salina 0,9% NaCl); T2 (4 x 1011 células/ mL); T3 (5 x 1011 células/ mL-1); T4 (1,36 x 1012 células/mL-1) e T5 (3,06 x 1012 células/ mL-1). Os peixes foram previamente anestesiados com benzocaína (60 mg L-1), inoculados na cavidade peritoneal com as suspensões bacterianas e distribuídos em 15 aquários de vidro de 80 L de capacidade, com aeração constante. O experimento teve duração de 96 h, no qual foram monitoradas a mortalidade e a qualidade da água. O delineamento experimental foi inteiramente casualisado com três réplicas e a DL50 96-h foi estimada de acordo com o método Spearman-Karber. Durante o experimento os parâmetros físico-químicos da água permaneceram dentro das condições consideradas adequadas para o desenvolvimento e saúde dos organismos aquáticos. A mortalidade dos peixes aumentou nas concentrações crescentes de A. hydrophila (T1 = 0%; T2 = 16,66%; T3 = 44,44%; T4 = 72,22% e T5 = 100%), contudo, as primeiras mortalidades ocorreram em 57 h após a inoculação das concentrações bacterianas, sendo observados os primeiros sinais de infecção em 24 h após a inoculação. Os resultados indicam que o valor da DL50 96-h da bactéria A. hydrophila para o matrinxã foi igual a 6,66 x 1011 células/mL de solução salina.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4485
ISSN: 0044-5967
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0044-59672011000200019
Aparece nas coleções:Coordenação de Tecnologia e Inovação (COTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
bacteria.pdf976,82 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons