Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4507
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorJorge Hugo Iriarte Martel
dc.contributor.authorCharles Roland Clement
dc.date.accessioned2016-03-11T18:24:38Z-
dc.date.available2016-03-11T18:24:38Z-
dc.date.issued1987
dc.identifier.issn0044-5967
dc.identifier.urihttp://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4507-
dc.description.abstractA área foliar é um importante parâmetro de crescimento e está diretamente relacio nada com a produção de frutos. Neste trabalho estimou-se a área foliar da pupunheina (Bactris gasipaes H.B.K.) em três diferentes acessos que representam as populações de Benjamin Constant, Coari e Rio Preto da Eva, no Estado do Amazonas,Brasil. Primeiro com parou-se o coeficiente de regressão entre a área verdadeira e a área retangular dos folíolos para determinar a similaridade entre as pupunheiras da Amazônia e as da América Central. A seguir, estimou-se a área foliar de três folhas/plantas e três plantas/acesso para cada população. O número de folíolos, a média do comprimento e da largura máxima de uma amostra de seis folíolos e um fator de correção, permitem fazer esta estimativa. Determinou-se que os três acessos são significativamente diferentes quanto a este parâme tro, sugerindo que a área foliar e seus componentes são descritores de importância, tan to na descrição de populações como no melhoramento genético da espécie.
dc.languagePortuguês
dc.rightsLivre
dc.subjectBactris gasipaes
dc.subjectÁrea foliar
dc.subjectPopulacoes
dc.titleComparação da área foliar de tres acessos de pupunha (Bactris gasipaes H.B.K., Palmae) oriundos de tres populações distintas da Amazônia Ocidental.
dc.typeArtigo
dc.description.localpubBrasil
dc.description.volume17
dc.publisher.periodicoActa Amazonica
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/1809-43921986161018.
Aparece nas coleções:Coordenação de Tecnologia e Inovação (COTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
comparacao.pdf288,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons