Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4664
Título: Production and some properties of crude alkaline proteases of indigenous Amazonian rhizobia strains
Autor(es): Arlem Nascimento de Oliveira
Luiz Antonio de Oliveira
Jerusa de Souza Andrade
Assunto: Rhizobium
Bradyrhizobium
organic surfactants
ISSN: 1516-8913
Revista: Brazilian Archives of Biology and Technology
Volume: 53
Resumo: Duas estirpes de rizóbia isoladas de solos de várzea da Amazônia Central produziram grandes quantidades de proteases alcalinas extracelulares, usando fontes baratas de carbono e nitrogênio. Os extratos brutos de proteases foram ativos em pH 9,0-11,0. As temperaturas ótimas foram de 35 ºC para a enzima do Rhizobium R-986 e de 55 ºC para a do Bradyrhizobium R-993. As atividades proteolíticas aumentaram na presença de 5 mM dos íons Na+, Ca2+ , Mg2+ e Mn2+ . As proteases secretadas pelos rizóbios foram fortemente inibidas por PMSF, um inibidor de serina protease. As enzimas foram ativas na presença de surfactantes (SDS e Triton X-100), e estáveis na presença de agentes oxidantes (H2O2) e redutores (β-mercaptoetanol) e solventes orgânicos (acetona, hexano, metanol, 1-propanol e tolueno).
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/4664
ISSN: 1516-8913
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1516-89132010000500024
Aparece nas coleções:Coordenação de Tecnologia e Inovação (COTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
production.pdf137,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons