Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/5338
Título: Plants of the Annonaceae traditionally used as antimalarials: a review
Autor(es): Gina Frausin
Renata Braga Souza Lima
Ari de Freitas Hidalgo
Paul Maas
Adrian Martin Pohlit
Assunto: malária
Plasmodium falciparum
Plasmodium yoelii
ISSN: 0100-2945
Revista: Revista Brasileira de Fruticultura
Volume: 36
Resumo: Espécies da família Annonaceae têm amplo uso na medicina tradicional em regiões tropicais para o tratamento da malária e de sintomas como febres, dentre outras doenças. Estudos fitoquímicos desta família têm revelado componentes químicos que podem oferecer novas alternativas para o tratamento e controle da malária. Buscas em sites de referencia cientifica (SciFinder Scholar, Scielo, PubMed, ScienceDirect e ISI Web of Science) e uma pesquisa bibliográfica na literatura por espécies da família Annonaceae utilizadas tradicionalmente para tratar a malária e febre foram realizadas. Esta família contém 2.100 espécies em 123 gêneros. Encontramos 113 registros que relatam o uso de 63 espécies de 27 gêneros utilizadas como antimaláricos e febrifugas. Mesmo que as mesmas espécies de Annonaceae sejam utilizadas por diversos grupos étnicos, frequentemente diferentes partes da planta são escolhidas para o uso e diversos métodos de preparação e de tratamento são utilizados. Os extratos etanólicos de Polyalthia debilis e Xylopia aromatica são comprovadamente bastante ativos contra Plasmodium falciparum in vitro (concentração de inibição média, IC50 < 1,5 µg/mL). Injeção intraperitoneal de extratos aquosos de Annickia chlorantha (espécie citada Enantia chlorantha) eliminou Plasmodium yoelii nigeriensis cloroquino-resistente do sangue de camundongos de maneira dose-dependente. Mais perfis fitoquímicos de espécies de Annonaceae são necessários, especialmente informações sobre as substâncias antimaláricas mais comumente distribuídos nesta família.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/5338
ISSN: 0100-2945
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452014000500038
Aparece nas coleções:Coordenação de Tecnologia e Inovação (COTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
plants.pdf471,42 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons