Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6059
Título: Variabilidade do estoque de água continental e sua relação com as cheias e vazantes extremas na Amazônia
Autor(es): Ana Emília Diniz Silva Guedes
Ana Emília Diniz Silva Guedes
Alessandro Renê Souza do Espírito Santo
Luiz Antonio Candido
ISSN: 1980-993X
Revista: Revista Ambiente & Água
Volume: 2
Resumo: Neste estudo, é avaliada a variabilidade do estoque total de água continental, derivada de estimativas de balanço de água e dados de satélite, em combinação com dados hidrometeorológicos. A ocorrência de cheias e vazantes extremas na bacia Amazônica é também relacionada com a variabilidade do estoque de água continental. Ambos os métodos de estimativa do estoque de água continental (Método PER e a Missão GRACE) mostram uma forte diminuição do armazenamento de água durante a seca de 2005, e uma forte recuperação durante a cheia de 2009, que se deu ao longo de um período de vários anos. Os resultados mostram que existe uma forte relação entre a ocorrência de cheias (vazantes) extremas com estoque de água continental elevado (baixo) na Amazônia. Medições pontuais e em profundidade do armazenamento de água continental podem fornecer indicações mais precisas da dinâmica do sistema hidrológico e sua resposta à variabilidade climática.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6059
ISSN: 1980-993X
DOI: http://dx.doi.org/10.4136/ambi-agua.1137
Aparece nas coleções:Coordenação de Dinâmica Ambiental (CDAM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
variabilidade_de_estoque_de_agua.pdf770,67 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons