Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6146
Título: Madeiras Tropicais: Análise Econômica das Principais Espécies Florestais Exportadas
Autor(es): HUMBERTO ANGELO
Alexandre Anders Brasil
Joaquim dos Santos
Assunto: Análise econômica
Madeiras tropicais
Exportações
ISSN: 0044-5967
Revista: Acta Amazonica
Volume: 31
Resumo: Este trabalho trata do comportamento das exportações brasileiras de madeiras tropicais por espécie, no período de 1980-98. O desenvolvimento de modelos de tendência foi utilizado para estimar a taxa de crescimento e explicar o comportamento das exportações. As principais espécies tropicais exportadas nesse período foram, em ordem decrescente, mogno, jatobá, virola, cedro, angelim, ipê, andiroba, sucupira, tatajuba, cedrorana, assacu, cerejeira, pau-marfim, freijó e jacarandá. Apenas seis espécies representaram 40% do volume e do valor total exportado. As espécies classificadas como outras aumentaram suas exportações na década de 90. Espécies como mogno, virola, andiroba, sucupira e freijó apresentaram taxas decrescentes, ao passo que jatobá, cedro, ipê e cerejeira expandiram sua participação no mercado internacional de madeiras tropicais. O preço de todas as espécies mostra uma tendência positiva ao longo do período estudado e valores relativamente baixos, quando comparados ao preço do mogno.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6146
ISSN: 0044-5967
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-43922001312248
Local de publicação: Brasil
Aparece nas coleções:Coordenação de Dinâmica Ambiental (CDAM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
madeiras_tropicais.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons