Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6148
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorU.de M SANTOS
dc.contributor.authorSérgio Roberto Bulcão Bringel
dc.contributor.author.N.M.G RIBEIRO
dc.contributor.authorM.N SILVA
dc.date.accessioned2016-04-25T20:58:45Z-
dc.date.available2016-04-25T20:58:45Z-
dc.date.issued1985
dc.identifier.issn0044-5967
dc.identifier.urihttp://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6148-
dc.description.abstractForam coletadas amostras de água em 13 rios pertencentes a bacia do Rio Branco e analizados, quanto aos seguintes parêmetros físico-químicos: pH, condutibilidade elétrica, Ca, Mg, Na, K, Fe solúvel, Fe complexado e total, Mn, P tota, N-Kjedahl, NH4, N-orgânigo, SO4, Côr, Material Húmico, Cl, Si e Al total. Foram analizados os resultados estatísticos do coeficiente de correlação a 5%. Essa bacia possui rios com relativas concentrações de sais minerais no que é muito bem demonstrado pelo PROJETO RADAM BRASILvol. 8 1975, e rios bastantes pobres em eletrólitos. Três desses rios, o Uraricoera, Mucajaí e o Branco, possuem várzeas agricultáveis, principalmente a região do baixo Rio Branco, que deveria ser melhor aproveitada para cultura de subsistência do Território de Roraima.
dc.languagePortuguês
dc.rightsLivre
dc.subjectBacia Amazônica
dc.titleRios da Bacia Amazônica II. Os afluentes do rio Branco
dc.typeArtigo
dc.description.volume151-2
dc.publisher.periodicoActa Amazonica
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/1809-43921985152156
Aparece nas coleções:Coordenação de Dinâmica Ambiental (CDAM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
rios_da_bacia_II.pdf351,98 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons