Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6150
Título: O potencial madeireiro da terra-firme em relação a demanda das serrarias do Amazonas
Autor(es): Joaquim dos Santos
FERNANDO CRISTOVAM DA SILVA JARDIM
Assunto: Produção florestal
serrarias
Industria florestal
ISSN: 0044-5967
Revista: Acta Amazonica
Volume: 18
Resumo: Analisa os resultados de cinco inventários florestais realizados num raio de 200 km em torno de Manaus, em florestas de terra firme, avaliando o potencial das mesmas em função da demanda das serrarias do Estado do Amazonas. Conclui que existem trinta e quatro espécies madeireiras de terra firme que já são industrializadas, as quais representam um volume potencial médio por hectare de 53,819 m3, repartido em 30% para a classe diamétrica abaixo de 40 cm e 70% para a classe acima de 40 cm. Afirma que o volume de espécies com mercado garantido representa menos da metade do potencial volumétrico das espécies de terra firme que já são demandadas, em pequena escala, pelas serrarias do Estado. Das espécies consideradas vinte são de ocorrência comum em todas as áreas e quinze destas representam 83,19% do volume total. Recomenda para o manejo das espécies, cujo volume esta concentrado nas classes diamétricas superiores, com mais de 90%, a manutenção de arvores portas ementes para garantir a regeneração natural das mesmas.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6150
ISSN: 0044-5967
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921988182092
Local de publicação: Brasil
Aparece nas coleções:Coordenação de Dinâmica Ambiental (CDAM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
o_potencial_madereiro.pdf1,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons