Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6181
Título: Ictiofauna associada às macrófitas aquáticas Eichhornia azurea (SW.) Knuth. e Eichhornia crassipes (Mart.) Solms. no lago Camaleão, Amazônia Central, Brasil
Autor(es): Jorge Iván Sánchez Botero
Maristela Lima de Farias
Maria Teresa Fernandez Piedade
Danielle Sequeira Garcez
ISSN: 1415-6814
Revista: Acta Scientiarum (UEM)
Volume: 25
Resumo: Este estudo descreve a influência das características bióticas e abióticas na estrutura da ictiofauna que habita estandes das macrófitas aquáticas Eichhornia azurea e Eichhornia crassipes. Foram coletados 182 indivíduos de 27 espécies de peixes, no lago Camaleão, Amazônia Central. Valores de oxigênio dissolvido e temperatura da água variaram de 2,11 a 4,02mgL -1 e 29,17 a 30,93 o C para os estandes de E. crassipes, e de 1,29 a 2,59mgL -1 e 28,32 a 29,95 o C para E. azurea. Maior número de indivíduos (134), de espécies de peixes (24) e de biomassa de raízes (1572gmֿ 2 ) foram obtidos em E. azurea. Diferenças significativas entre os estandes foram encontradas para colmos-folhas (p<0,018; F=8,891) e o número de indivíduos que não suportam hipóxia (p<0,035; F=6,383). Índices de diversidade, equitabilidade e similaridade indicam que as assembléias de peixes associadas aos bancos de E. azurea e E.crassipes possuem diferente estrutura, selecionando o estande de Eichhornia spp.
URI: http://repositorio.inpa.gov.br/handle/123/6181
ISSN: 1415-6814
Local de publicação: Brasil
Aparece nas coleções:Coordenação de Dinâmica Ambiental (CDAM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ictiofauna_associada.pdf240,41 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons